sábado, 25 de junho de 2016

Tornar



Tornar

Intenso

É o momento

Que se faz presente

O que passou

Está ali, está aqui

Está na retina

Na palma da mão

No degrau da escada

Intenso

É refazer o caminho

Tornar

Do olhar trocado

Mais que voar

Voar pra lá, voar pra cá

Voar de mãos entrelaçadas

Voar no sorriso da foto.

Um comentário:

Maura Theobald disse...

Olá Edmilson! Deixastes um comentário no Luso, o qual não entrava a mais de 3 anos,lá voltei e lhe encontrei. Vou ler seus escritos com carinho. Obrigada pelo recadinho. Bjos!!!

Postar um comentário