domingo, 22 de janeiro de 2012

Não me importa nada

Eu parto, eu te deixo
Com seu vestido azul
Que um dia te conheci
Não decifrei seu destino
Busquei entendimento
Encontrei angustias
Se não vivi seus sonhos
Creia, eu parto
Não me importa nada
Não me importa nada

Um comentário:

AMOR disse...

Até o partir fica mais bonito nas tuas letras...

Postar um comentário